HISTÓRIA

 

O fundador da empresa, Manuel Mocho, iniciou a sua actividade na indústria seguradora, como agente de seguros, em 1954, representando as antigas Companhias de Seguros Atlas e Comércio e Indústria.

 

Em 1958, ingressou na Ultramarina como empregado, tendo nessa mesma qualidade exercido, ainda, funções na Companhia de Seguros Atlas, entre 1969 e 1972 e na Companhia de Seguros Bonança, a partir de Outubro de 1972.

 

Cumpriu missões em Angola, em 1969, pela Companhia de Seguros Ultramarina, e em 1976/77, na Guiné-Bissau, por incumbência do então Instituto Nacional de Seguros e em representação da Companhia de Seguros Ultramarina, da Companhia de Seguros Império e da Companhia de Seguros Fidelidade, todas com escritórios em Bissau.

Em 20 de Julho de 1977, constitui a Sociedade Mediadora de Seguros P. Vialonga, Lda., com base na carteira de seguros em nome individual, já então existente.

 

Com a integração de seus filhos, João Mocho e José Mocho, na Sociedade, ficou assegurada a sua continuidade com base numa estrutura familiar sólida, a qual se tem mantido ao longo dos anos e que prevalece.

 

Fruto da muita experiência acumulada e da sua postura no mercado, assente na seriedade,  no rigor, na excelência do serviço, em elevados padrões de qualidade e na constante preocupação em  proporcionar aos  seus cliente as melhores soluções disponíveis no mercado segurador,  a Mediadora de Vialonga pode orgulhar-se do serviço que presta, quer aos seus  clientes, quer às diversas Seguradoras que representa.

 

É com base nessa experiência, posicionamento no mercado segurador e postura na actividade, que continua a desenvolver o seu trabalho com a maior dedicação, profissionalismo e respeito  pelos interesses de todos os que a distinguem e honram com a sua confiança.